Agentes iniciam aplicação de inseticida em casas para combate à dengue

29/01/2020 às 16:22:00

Depois de ter sido interrompido em todo país pelo Ministério da Saúde e os lotes serem recolhidos para testes e ensaios de qualidades, hoje (29), o município de Guararapes recebeu 120 litros de inseticidas. Com isso, os agentes de endemias já deram início à nebulização para eliminar a fase adulta do mosquito transmissor da dengue.  A nebulização é feita em áreas nas quais é identificada a necessidade de bloqueio de vetores.

Quase 40 agentes de endemias e agentes comunitários estão trabalhando em horários alternativos, das 10h às 14h e das 15h30 das 19h30.
Hoje, a nebulização está sendo aplicada no Bairro Industrial, onde está concentrado o maior número de casos da doença. Vestidos com macacão de proteção, luvas e máscaras, os agentes aplicam inseticidas em locais estratégicos, previamente analisados. A aplicação é feita com o fumacê costal, equipamento colocado nas costas para borrifação manual do produto.

A orientação é que as pessoas abram portas e janelas, pois quando a máquina passa e joga a fumacinha, as partículas entram em contato com o mosquito.

Mas além da aplicação do inseticida é importante que os moradores do bairro estejam mais atentos às medidas de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti e façam vistoria no seu imóvel, eliminando qualquer foco de água parada.

De janeiro até agora, o setor de Epidemiologia do Departamento Municipal de Saúde registrou 330 casos confirmados de dengue.

Mais cedo, a Vigilância Sanitária recebeu o engenheiro da Sucen de Araçatuba, Márcio Lunardeli Pacchioni, que realizou uma reunião e ressaltou algumas orientações durante as visitas dos agentes em residências e comércios, sobre outro foco do mosquito: os climatizadores. O alerta é para o acúmulo de água parada, por alguns dias, no interior do equipamento que é muito utilizado nos períodos de calor.