Ir para o conteúdo

Prefeitura de Guararapes
Acompanhe-nos:
Rede Social INSTAGRAM
Rede Social PAGINA FACEBOOK
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
16
16 DEZ 2022
Administração Municipal paga dívida lendária do poço profundo
enviar para um amigo
receba notícias
A dívida do poço profundo, que assombra o município há 30 anos, foi historicamente negociada pela atual administração.
Sempre prezando pela transparência, não medindo esforços e depois de muita luta, a administração realizou, por intermédio da Procuradoria Geral do Município, um acordo, homologado no dia 15 de dezembro de 2022, no valor de R$ 8.940.273,91, que serão quitados em parcelas, sendo certo que já foi depositado, em 06 de setembro de 2022, o valor de R$ 3.700.000,00; outros R$ 3.000.273,91 serão depositados ainda este ano de 2022 e o valor restante, ou seja, R$ 2.240.000,00 serão pagos em duas parcelas iguais no valor de R$ 1.120.000,00, com vencimento em 28 de fevereiro de 2023 e 28 de fevereiro de 2024, ainda dentro do exercício do mandato da atual administração, que sempre foi um desejo do prefeito Alex Arruda. “Para nós é uma honra, no meio do segundo mandato, quitar a dívida, olhar para frente e deixar a cidade respirar em paz”, ressaltou o prefeito.
Além disso o executivo ainda economizou mais de R$ 700 mil com um acordo celebrado no precatório subsequente ao do poço profundo.
Tudo começou em 1992, quando o poço foi construído na cidade, mas o pagamento não foi realizado e a dívida se estendeu por vários mandatos.
Em 1995, a empresa que executou o serviço entrou com uma ação judicial contra o município e, mesmo com todas as propostas e recursos possíveis, Guararapes perdeu na justiça gerando um débito de mais de R$ 20 milhões. Anos depois, em 2016, foi expedido ao município um precatório e, mesmo assim, a dívida ainda se arrastou por mais de 6 anos, com o valor informado em mais de R$ 20 milhões, mesmo o financeiro do município não concordando com o valor.
Com acordos realizados, além de se livrar de um “fantasma” que assombrava a cidade há anos, Guararapes logrou êxito em uma economia de mais de R$ 11 milhões aos cofres públicos, de acordo com os números informados pela Diretoria de Execuções de Precatórios e Cálculos (Depre).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia